bem vindos!

participe e comente!

quarta-feira, 21 de abril de 2010

"TEUS OLHOS"



Teus olhos de mulher,

Tão imensos como a noite,

Infinitos como o tempo,

Que, um dia, descuidado,

Descobriu-se enciumado,

Pelo sorriso escancarado

Desses lindos olhos teus.



Teus olhos de mulher.

Tão intensos como o dia,

Têm a vastidão do vento,

Que ao soprar, desavisado,

Confundiu-te com a flor,

Que um dia te ofertaram,

Pelo amor dos olhos teus

2 comentários:

  1. VIVER

    A vida é uma flor aberta,
    esperando alguém para extrair-lhe o mel.
    Quando o vento da tristeza,
    das dores, das preocupações
    balança tudo, reforça você.
    Sabe por que?
    A flor é eterna, o mel nunca se acaba,
    fica escondido numa taça de perfume
    e a gente faz que não vê.
    Alegria, paz, harmonia, amor,
    por maior que seja a dose, nunca embriagam,
    dão plenitude, força e vontade
    de sair plantando
    as flores da esperança, da bondade.
    Assim, louvando a vida,
    é preciso amanhecer criança,
    cheia de ansiedades
    para beber uma taça desse mel,
    com aroma e sabor de oportunidades.

    Ivone Boechat
    extraído do meu livro Amanhecer 3a.Ed Reproart RJ

    ResponderExcluir
  2. Teu olhar

    Ivone Boechat

    Gosto do teu jeito
    de me olhar,
    perturba,
    desequilibra,
    põe dúvidas no ar,
    tem o efeito
    de um grande temporal:
    vibra,
    derruba armadilhas
    de todo não.
    Faz bem,
    faz mal,
    produz maravilhas,
    faz sonhar,
    tem os raios do pecado
    e do perdão.

    ResponderExcluir